Existem tantos caminhos para a iluminação quanto pessoas que existem no nosso planeta, o que implica uma quantidade quase infinita de informação que terá de percorrer, para encontrar o caminho certo. Mas quando você se depara com os 5 princípios pelos quais toda a espiritualidade se rege, você pode facilmente sentir se você está no caminho certo para a realização, ou não. Confira!

“Assim como uma vela que não pode queimar sem fogo, o homem não pode viver sem uma vida espiritual.”

– Buda

A Filosofia Indiana antiga fala sobre Cinco Princípios da Espiritualidade. Algumas pessoas as chamam de leis espirituais, estratégias espirituais ou verdades espirituais – mas eu as chamo de princípios espirituais. Apesar da origem desse texto não ser clara (pois tem quem defenda que ele é Hindu, e tem quem defenda que é Budista), esse texto deriva certamente da cultura oriental devido às referências que faz às verdades absolutas da vida.

Estes princípios fazem parte da nossa abordagem da vida – formas de ser, fazer, pensar, acreditar, comportar-se e envolver-se com a vida, o que nos capacita a viver em direção ao nosso potencial mais elevado. Eles são a forma para saber se estamos no caminho certo para a realização espiritual, por assim dizer. E eles não são “religiosos” em nenhum sentido particular.

Quanto mais consciência tivermos sobre os princípios, maior será a nossa própria consciência de vida. Estaremos mais capacitados para lidar com os desafios na vida, menos sofremos, mais crescemos e mais significado e satisfação podemos encontrar na vida.

Esses são sete princípios-chave que considero especialmente úteis e que, acredito, podem servir como base para uma vida bem-sucedida, realizada, e feliz.

Os 5 princípios da espiritualidade

1. Toda a pessoa que vem, é a pessoa certa

Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor, e que interage connosco, tem um propósito definido seja para nos ensinar ou nos ajudar a lidar com alguma situação, auxiliando na nossa evolução enquanto humanos.

2. Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido

Nada, nada absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o mais ínfimo detalhe.

Não existe nenhum “se eu tivesse feito tal coisa…” ou “aconteceu que um outro …”. Não. O que aconteceu foi tudo o que deveria ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem nas nossas vidas são perfeitas.

3. Toda vez que iniciares algo, será no momento certo

Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo nas nossas vidas, é o momento em que as coisas irão começar. Você deve aproveitar esse princípio para estar preparado para aceitar o evento no momento em que ele começa.

4. Quando algo termina, termina

Simplesmente assim. Se algo acabou nas nossas vidas, será para a nossa evolução. Por isso, é melhor não resistir ou lamentar por algo que terminou. Deve seguir em frente e enriquecer-se com a experiência.

5. Nada é permanente

Esta é uma lei Universal. Nada no Universo é permanente, e não podemos considerar que situações nas nossas vidas sejam permanentes também. Tudo vai mudar – algumas coisas antes, algumas coisas depois, mas a mudança é inevitável.

Uma vez que isso seja entendido e aceite, a vida se torna mais simples, porque não existirá mais o sofrimento por antecipação, não sentirá estresse por expectativas, não terá mais surpresas desagradáveis, não terá mais tristezas.

 

Não é por acaso que estamos lendo este texto agora. Se ele veio à nossa vida hoje, é porque estamos preparados para entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado!


Se gostou desse artigo, por favor partilhe nas mídias sociais e deixe seu comentário abaixo.

Comente e Partilhe este Artigo
Recomendado para você

Start typing and press Enter to search